Dinamite fala sobre Revitalização no Só dá Vasco

sdv_sdv5

No dia 27 de dezembro de 2011, o programa de rádio Só dá Vasco (www.sodavasco.com.br) fechou com chave de ouro seu último programa do ano, já que teve a presença de ninguém menos que Roberto Dinamite, atual dirigente máximo do clube. Diversos assuntos relevantes foram tratados no programa, já que o âncora do programa, Márcio Santos, teve a habilidade de deixar os convidados da noite aprofundassem em questões como a Revitalização do Entorno de São Januário, Rodrigo Caetano, Futebol de Base do Vasco, entre outros.

 

 

sdv_sdv1Ao chegar na Rádio e TV Bandeirantes do Rio, já na recepção encontramos a simpatissíssima Musa do Programa Só dá Vasco, Dona Maria Amélia (na foto ao lado, ladeada por Marcelo, André e Marcus). Conversamos um pouco com ela e ficamos muito impressionados com a lucidez e vascaínidade de alguém que torce pelo Vasco desde a década de 30 e já viu muitos fatos marcantes da história do Vasco. Seu amor pelo Vasco é motivador, sendo que o maior ídolo dela no Vasco é o Roberto Dinamite, com quem possui um carinho especial. Durante o programa, o Taveira fez uma brincadeira, dizendo que o maior ídolo dela era na verdade o Queixada (Ademir de Menezes, ídolo dos anos 40-50). Ela, no entanto, não deixou a peteca cair e devolveu, afirmando que o amor com o Roberto era amor de mãe e com o Queixada foi outra história, arrancando gargalhadas de todos os presentes...

sdv_sdv4O programa teve início abordando um importante tema, que também vem sendo abordado com frequencia por vários veículos de comunicação do Vasco, que é a Revitalização do Entorno de São Januário. Márcio Santos abordou diversos aspectos dessa questão, aproveitando que estavam presentes Raimundo Almeida, Marcelo Paiva, Marcus Simonini e André Pedro, que formam um grupo independente que está agindo em prol de que essa revitalização saia do papel e se torne realidade. Raimundo Almeida, Engenheiro Civil e debatedor do programa Só dá Vasco, abordou questões de como está o trâmite da revitalização junto ao governo. Marcelo Paiva, também Engenheiro Civil e autor de um Estudo de viabilidade que foi entregue ao Vasco e às autoridades estaduais e municipais, abordou as possibilidades e alternativas que podem ser executadas pelo poder público na região. Marcus Simonini (na foto falando ao Microfone), Advogado e responsável pelo Blog Incondicionalmente Vasco, abordou as questões legais, falando sobre o Programa Morar Carioca, que aborda em sua "área 1" a região do Entorno de São Januário, informando que essa área tem previsão de ser atendida pela prefeitura entre 2012 e 2016. Também deixou claro que, segundo informações da Prefeitura do Rio, não haverá desapropriações no local, seguindo os mesmos moldes do que já foi feito em outras comunidades, ou seja, apenas as casas que não possuírem condições de "habite-se" é que serão demolidas e as famílias dessas casas serão realocadas para novas casas construídas pela prefeitura na mesma comunidade. Finalizando, André Pedro, empresário e responsável pelo portal Webvasco.com, falou sobre a questão da acessibilidade em São Januário, dizendo ainda da necessidade da formação de uma massa crítica por parte da população, de modo com que as autoridades públicas não se "esqueçam" da região, que já foi esquecida por muitos anos e não pode mais ser deixada de lado. Para isso, foi lançada a campanha pela imediata revitalização da região, onde o torcedor pode manifestar seu apoio no seguinte link: http://webvasco.com/social/revitalizacao

sdv_sdv3O Professor Aurélio Dias (na foto ao lado, ladeado por D. Maria Amélia e Marcio Santos) estava presente no programa e deu suas opiniões sobre o tema, elogiando a forma com que o trabalho desse grupo estava sendo feito, afirmando que o Vasco vivencia um excelente momento com sua torcida, que retribuiu essas alegrias de diversas maneiras ao clube, sendo um exemplo o trabalho voluntário que aquele grupo presente no programa estava fazendo. Elogiou as propostas que foram enviadas à prefeitura e brindou os ouvintes com diversas informações sobre o Vasco.

Roberto Dinamite chegou ao programa logo após e foi convidado a falar um pouco sobre esse assunto, trazendo importantes informações, principalmente no tocante ao fato que ele vem mantendo conversas com o Governador e que o mesmo é um dos maiores defensores de que o Rugby aconteça no Vasco. O Vasco é a melhor arena existente no Rio de Janeiro para abrigar esse esporte e está localizado em uma posição central privilegiada, perto do porto e dos aeroportos. Portanto, mesmo tendo conhecimento que já houve especulações de que a sede do Rugby poderia ser retirada do Vasco, Roberto Dinamite deixou muito claro sua confiança nas autoridades e que tudo vem caminhando no sentido de que esse evento efetivamente ocorrerá no Vasco.

sdv_sdv6Sobre a questão de Rodrigo Caetano, Roberto Dinamite elogiou o trabalho realizado e deixou claro que a saída aconteceu por questões pessoais do próprio Rodrigo e que isso foi uma surpresa para a Diretoria. Afirmou ainda que a Diretoria está trabalhando para encontrar um novo nome e que esse profissional deverá ser anunciado em muito breve. Aproveitou ainda para afirmar que muita "bobagem" foi dita nos veículos de comunicação sobre o assunto, muitas delas por pessoas que não tinham o menor conhecimento do que acontece nas divisões de base do Vasco, tentando associar a saída de Rodrigo Caetano a um suposto atrito por não ter tido autonomia nessa área, o que não é verdade, já que, segundo Dinamite, Rodrigo Caetano tinha total autonomia nas divisões de base.

Conversamos com Roberto Dinamite após o programa e pudemos perceber sua dedicação para com as coisas do Vasco. Ele é um ídolo e sempre estará em um patamar acima da média para todo Vascaíno, mas é importante o torcedor saber que ele também é um ser humano e que possui qualidades e defeitos, e é aqui que eu desejo externar a minha opinião: Certamente ele (Roberto) está procurando dar o melhor de si ao Vasco e está tomando as decisões que julga serem mais acertadas - algumas muito positivas, outras nem tanto. Roberto, em seu discurso na Câmara de Vereadores no Dia do Vasco, teve a humildade em afirmar que sabia que se equivocou em algumas decisões no passado, e que sempre encara as críticas como algo positivo, que lhe ajuda a corrigir o que está errado. De fato, o Vasco ainda tem muito o que corrigir, já que qualquer pessoa com um mínimo de conhecimento de história sabe muito bem quais os resultados de uma ditadura e a dificuldade que se encontra no período após sua derrubada. Roberto está procurando estabelecer uma democracia duradoura no Vasco, onde o Presidente é o Gestor e cada área possui suficiente autonomia. Entretanto, também sabemos que uma democracia é lenta e que os erros são inerentes ao processo, gerando impaciência e reclamações de toda a sorte. O Vasco é uma instituição e ninguém está acima dela - seres humanos possuem defeitos e são mortais, mas a instituição Vasco é imortal. Eu, como democrata convicto, ainda acho que Winston Churchill foi extremamente feliz ao citar uma frase que deixo para reflexão de todos os vascaínos:

"Ninguém pretende que a democracia seja perfeita ou sem defeito. Tem-se dito que a democracia é a pior forma de governo, salvo todas as demais formas que têm sido experimentadas de tempos em tempos."

Ouça o programa completo no player abaixo:

 

ap

André Pedro é sócio remido do Vasco da Gama com 30 anos de clube, e também fundador e editor responsável do portal webvasco.com. Sua formação é na área de informática e comanda a empresa Digital Solutions, especializada em soluções de internet.

 
Voltar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Termômetro da Torcida

Como você avalia a equipe de futebol 2012 do Vasco?

58.4%
21.8%
9.9%
7.9%
2%
Loading...