Vasco, mostre sua força!

Saudações Vascaínas,

Depois da ótima atuação diante do Libertad do Paraguai em casa, empatamos com o Resende num jogo horroroso em pelo São Januário.

Para completar, começamos perdendo e fomos obrigados a empatar.

Juninho, Alan, Diego Souza, todos estes estavam em campo, e o Vasco jogou como se não tivesse a obrigação de vencer o jogo. Mesmo priorizando a Libertadores, empatar com o Resende em casa com a maioria do elenco titular em campo, é inadmissível.

A torcida ficou de cabeça quente e voltou a criticar o técnico Cristóvão Borges, que realmente teve culpa pelo fato do Vasco não ter conseguido uma virada.

Mas isso não é de hoje. Cristóvão vem fazendo más substituições, e em dois jogos, contra o Botafogo e contra o Resende, somamos apenas um ponto.

Além disso, peço encarecidamente que Alecsandro não bata mais pênaltis pelo Vasco, pelo menos até essa maré de azar ir embora.

A despedida:

O dia da despedida de um dos maiores ídolos do Vasco estava chegando, então foi deixado de lado à péssima atuação do elenco vascaíno na Taça Rio.

Todos os olhares estavam direcionados a Edmundo. Na quarta passada, o Vasco realizou um amistoso contra o Barcelona-EQU, time que o Vasco havia enfrentado na final da Taça Libertadores da América de 1998.

Edmundo não disputou essa partida da Libertadores pois havia se transferido para Fiorentina-ITA, por isso o Animal escolheu o time do Equador para fazer sua despedida do futebol brasileiro.

A noite foi um show de bola, e não só o craque que marcou dois gols balançou as redes, mas também Alecsandro,Diego Souza, Eder Luis,Juninho, Allan, Fellipe Bastos. Fazendo 9 a 1, marcaram e deixaram o placar ainda mais elástico em São Januário.

A festa foi linda, a homenagem foi merecida, e a torcida mostrou para todo o Brasil o que é ter um ídolo e o que ser vascaíno, que é o mais importante.

Jogos decisivos:

Depois da bela festa feita pela torcida, o elenco do Vasco estava de volta à concentração do dia a dia.

Neste sábado encarou o Macaé e não teve muitos problemas em passar pelo time da casa mesmo jogando com um time misto.

A desconfiança de todos era com a zaga, formada por Douglas e Fabrício, este último chegou agora para compor elenco ou até para substituir Dedé em casos como esse, em que o Mito teve de ser poupado para a Libertadores, mas só nesses casos, pois este é insubstituível.

Felipe não participou do baile no primeiro tempo, que foi comandado por Juninho Pernambucano, que alias, depois da ótima atuação mesmo que sendo no amistoso contra o Barcelona-EQU na quarta passada, Juninho mostrou todo seu potencial em ambas as partidas. Contra o Macaé marcou duas vezes, sendo o segundo gol uns dos mais bonitos desde a sua volta.

A novidade do jogo contra o Macaé foi Romário. Jogador da base que subiu recentemente e teve sua primeira oportunidade de mostrar serviço.

O mesmo serviu para Deiyson, que novamente foi escalado na lateral esquerda no lugar de Thiago Feltri.

O jogo também foi importante para os que voltaram de lesão. Eder Luis e Allan tiveram mais uma chance de entrar em campo, pegar ritmo de jogo e ficar em forma o mais rápido possível para que assim possam disputar definitivamente a Libertadores.

Por falar no retorno de jogadores, quem também está voltando é Carlos Alberto.

O jogador finalmente foi reintegrado e já treina normalmente com o grupo do Vasco. O meia só poderá jogar daqui a duas semanas, então nas próximas partidas decisivas do Vasco que é contra o Alianza na terça e contra o Flamengo no sábado, Carlos Alberto só vai ficar olhando.

A importância da vitória:

Caso o Vasco não vença o jogo de terça contra o Alianza Lima do Peru, não será o fim do mundo. Uma derrota lá não tira a nossa vaga, mas vai complicar muito as coisas.

Por sabermos a baixa qualidade técnica do time peruano e os problemas financeiros que o clube vive atualmente, não vai ser fácil engolir nem mesmo um empate.

Diego Souza que cumpriu suspensão na partida passada da Libertadores contra o Libertad, dessa vez vai para o jogo. Ainda mais porque o meia não vivia uma fase muito boa, mas marcando gols no amistoso de quarta e também no jogo contra o Macaé, lhe deu uma moral com o professor.

Ainda assim, suas atuações vêm sendo muito contestadas, até porque Diego oscila muito, atuando regularmente em unas partidas e jogando claramente mal em outras. Para um camisa 10, isso é muito pouco comparando com suas atuações no final da temporada passada.

Quem sabe a boa atuação que teve nos jogos recentes continue ou melhore nos próximo, mesmo assim, é ainda difícil saber se ele jogará bem na terça, pois é um jogo decisivo e os erros em campo não terão volta.

O mesmo digo de Willian Barbio, pois é provável que o jogador seja o titular mesmo com a volta de Eder Luis. Talvez o mineiro entre apenas no segundo.

Mas falando de Barbio, o atacante vem caindo de produção ultimamente. Barbio é um jogador de velocidade e consegue chegar em todas as bolas que são lançadas em profundidade para ele, mas correr, chegar, isso apenas não basta para um atacante, ele deve saber bater para o gol , e é nisso que ele vem falhando.

Barbio vem finalizando mal e isso não é novidade, chegar na cara do gol e ser fominha é uma de suas características, isolar, ou chutar em cima da zaga, são suas outras modalidades.

O garoto deve prestar mais atenção e tentar passar mais confiança ao torcedor, pois Eder Luis mesmo fora de ritmo está se mostrando muito mais efetivo, daqui a pouco ele recupera a titularidade novamente.

Mas o jogador que tem vaga garantida nesse time é Juninho Pernambuco. O Reizinho vem de excelentes atuações e seria titular absoluto na terça se não fosse pela cirurgia dentária que terá que fazer.

É realmente uma pena, pois vai fazer falta. Pelo menos temos um jogador com as qualidades semelhantes, que é Felipe, o Maestro viaja com o grupo e comandará o time fora de casa.

Por falar em comandar, que está tomando conta praticamente sozinho da zaga vascaína é Dedé.

As atuações de Renato até estão se superando e surpreendendo com os pouquíssimos erros, mas mesmo assim estão sempre ofuscadas pelas brilhantes atuações de Dedé.

É quase impossível de se imaginar a defesa do Vasco sem ele, pois esta seria apenas uma zaga comum, como todas as outras.

Dedé vem fazendo jogos impecavéis, sem cometer nenhum erro, pois o último que me recordo foi apenas no amistoso de quarta passada, onde o único gol marcado pelo time adversário foi depois de um erro na marcação de Dedé, mais só.

Ainda assim, isso não muda nada comparado aos seus pontos positivos: Todos.

Já falando da nossa lateral não sei se perceberam, mas com a queda de rendimento de Barbio, como citei acima, Fagner vem aparecendo muito mais em campo e voltando a ser mais participativo. O lado direito volta a ser a grande força do Vasco, e agora ainda mais com a ajuda de Allan.

Por enquanto o time do Vasco, com algumas exceções, é só elogios, e que estes continuem a serem elogiados muito mais depois da atuação de terça.

Que venha a vitória, os 3 pontos e a classificação tão desejada, para que cultivemos um ótimo caminho para esse título tão esperado.

Saudações Vascaínas!

Carol Canoa 
Twitter: @CarolCanoaCRVG 
Facebook: Carol Canoa


carol_canoa

Carol Canoa é colunista do Portal Supervasco e também uma das autoras do Blog TORCEDORES DO VASCO (http://www.torcidacrvg.com ), criado em fevereiro de 2010 e que tem como principais objetivos informar e dividir ideias com toda essa enorme nação vascaína.


 

Comentários  

 
0 #1 wanderson abreu silv 02-04-2012 11:23
Vc e otima no que vc faz obrigado pela sinceridade com nosso vasco .
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Termômetro da Torcida

Como você avalia a equipe de futebol 2012 do Vasco?

58.4%
21.8%
9.9%
7.9%
2%
Loading...

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.