Marcelo Resende . 01 Abril 2013
  Publicado em abril 1st, 2013 | por Marcelo Resende http://vozesdacolina.com.br/v1/wp-content/themes/gonzo/images/comment-bubble.png); background-attachment: scroll; background-color: transparent; color: white; padding-top: 4px; text-align: right; opacity: 0.8; background-position: 100% 0%; background-repeat: no-repeat no-repeat;">2   Um jogado...
Luiz Carlos Rocha . 28 Março 2013
   1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10! Parabéns pra você nesta competição querida, MUITAS INFELICIDADES, poucos anos de vida! Assim a torcida deveria ter cantarolado hoje, em Moça Bonita (Zona Oeste Carioca), diante do melancólico empate sem gols com o fraco time do Olaria, em partida válida pela 3ª Rodada da Taça Rio (Segundo Turno). O Vasco da Gama foi campeão carioca pela ...
Marcelo Resende . 21 Março 2013
    Amigos, Outra derrota, para mais um time pequeno. Nesse campeonato carioca, pequenos venceram apenas quatro vezes os grandes, dessas quatro, três estão na conta do Gigante da Colina. Outro fracasso desse faz o assunto no Vasco ficar cada vez mais repetitivo. A única diferença agora, é que o técnico Gaúcho foi demitido, o que era claro que aconteceria mais cedo ou mais ta...
Luiz Carlos Rocha . 19 Março 2013
    Na partida de abertura da Segunda Rodada da Taça Rio, Segundo Turno do Campeonato Carioca, o Vasco perdeu por 2 a 0 para o Nova Iguaçu, com gols de Léo Salino. Com o resultado as chances de classificação para as semifinais da competição é praticamente impossível, mantendo o jejum do título. Se as coisas não mudarem nem em 2014 virá. O cruzmaltino não levanta a Taça de...
Luiz Carlos Rocha . 17 Março 2013
  Com um gol do zagueiro André Alves a equipe da Cidade do Aço derrotou o Vasco da Gama em pleno São Januário, com direito a vaias e gritos de olé para o time da casa. O resultado deixou o Gigante da Colina numa situação bem complicada, em quinto lugar na tabela de classificação da Taça Rio, Segundo Turno do Campeonato Carioca. Nosso próximo desespero será contra o Nova Iguaçu, ...
Marcelo Resende . 15 Março 2013
  Senhores, Depois de uns dias, a dor de mais uma derrota na final vai passando cada vez mais. E os torcedores bons têm à prova o seu amor ao clube. Não foi dessa vez, novamente. Portanto, não é a hora de desacreditar em nosso Gigante da Colina, apesar de tudo nos levar a isso. Sabemos que chega uma hora que cansa, que não dá mais, exausto de promessas e nunca chegar a lugar algum. ...
Editor WebVasco . 13 Março 2013
  Caros amigos, Não venho escrevendo muito ultimamente por vários motivos, mas além do principal, que é o tempo necessário para uma escrita de qualidade, também é pelo fato que temos vários colunistas que estão enfocando de maneira brilhante a realidade atual do Vasco. Entretanto, um tema ficou "no ar" nesta última decisão, que foi o impedimento não marcado no gol do Botafogo...
Marcelo Resende . 12 Março 2013
  Vascaínos, O início dessa semana para nós não é nada bom. Mais um título desperdiçado, mais uma vez a esperança abalada em relação ao nosso time do coração. Um time montado há pouco mais de dois meses poderia ser coroado com um título logo de cara, em seu primeiro campeonato disputado e ainda jogaria por terra um tabu que nos assombra desde o título da Taça Guanabara de...
Cristiano Mariotti . 11 Março 2013
Tal conforme na semana passada e respeitando sempre a vontade do estimado leitor, vou procurar ser breve em meus comentários. Até mesmo porque hoje foi O DIA MAIS FELIZ DE MINHA VIDA, com o nascimento de minha amada filha Manuela (a que MAIS AMO na minha vida, ao lado de minha mãe e de minha esposa), a quem dedico, desde já, meu presente texto, independentemente do meu sentimento e d...
Luiz Carlos Rocha . 10 Março 2013
    O Botafogo de Clarence Seedorf bateu o Vasco por 1 a 0, com gol de Lucas, no Engenhão a dez minutos para o fim da partida. Sedão e Cia fizeram o remelento cruzmaltino se fu mais uma vez! Resultado? Mais um vice-campeonato. O Alvinegro sagrou-se campeão da Taça Guanabara (Primeiro Turno) e garantiu vaga na final do Campeonato Carioca.

 

 

Amigos,

A Taça Guanabara vai se arrastando para os momentos decisivos. Há quem diga que os turnos só começam de verdade a partir das semifinais, tamanha é a previsibilidade dos classificados.

Os clubes grandes do Rio, no estadual, podem passar um pequeno sufoco para garantir a vaga na próxima fase dos turnos – como o Vasco este ano e o Flu ano passado – mas nada que os impeçam de chegar às finais. Acabam levando vantagem, seja técnica, financeira, torcida, planejamento etc. De vez em quando há umas surpresas para mudar o quadro, somente de vez em quando.

Com o nosso Vasco não é diferente. Na fase de grupo dos dois turnos podemos oscilar, ano a ano, entre ótimas e campanhas que nos colocam em risco. Porém, nos classificamos. A única diferença é quando chegamos às fases finais. Ultimamente, o Vasco tem um carma dentro de São Januário que bloqueia o time nas decisões, principalmente estaduais.

No Estadual 2012, ainda tínhamos um bom time, era quase o mesmo elenco vitorioso de 2011. Fizemos boa campanha nos jogos de grupo e fomos às semifinais contra o nosso maior rival. Aniquilamos a mulambada nos dois jogos, ganhando à maneira histórica vascaína: de virada. E que viradas sensacionais foram aquelas.

Tanto na final da Taça Guanabara como da Taça Rio, chegamos com moral. Vitórias no Clássico dos Milhões com propriedade. Até que chegamos à final dos dois turnos e o que aconteceu? Ninguém sabe explicar até hoje. O time do Vasco foi completamente apagado e omisso, jogando como um time pequeno qualquer diante de Botafogo e Fluminense: 3×1 nos dois jogos. É difícil até de lembrar, pois contra o Fluminense eu estava no Engenhão.

Esse ano, ao contrário do ano passado, há muito menos confiança, por razões óbvias, em relação ao time do Vasco. Isso deveria nos servir como alento, motivação para provar, mais uma vez, que somos Gigante para a Flapress, ou seja, mais um teste para nós. Teremos o último jogo da Taça Guanabara no próximo domingo, dependendo do Botafogo e com o Gigante da Colina vencendo a partida contra o Duque, é possível que nos classifiquemos em primeiro do grupo, enfrentando nas semifinais, ao que tudo indica, o Fluminense, que tomou um sacode essa semana do Grêmio pela Libertadores dentro do Engenhão, onde está focado neste início de temporada.

O time precisa de reforços, todos sabemos que sim. Dinamite errou muito nos últimos anos, porém, estamos passando por mais uma reformulação agora. É o início do trabalho do Cristiano Koehler na direção-geral, que tem como um dos principais projetos, além da reestruturação financeira, a construção da nova arena de São Januário;  e René Simões como o diretor-executivo, atuando ao lado de Ricardo Gomes para montar um time competitivo novamente, dentro de nossos limites. Esse é o momento de plantar para colher lá na frente, é um novo trabalho a longo prazo, assim como foi com Rodrigo Caetano.

Portanto, para agora, resta-nos confiar no que vem sendo feito, mesmo com alguns insucessos ocorrendo no caminho. E nessa primeira fase do estadual, temos que terminar  e focar na semifinal e quem sabe beliscar alguma coisinha ainda nesse primeiro semestre. Não temos um dream team, mas o Vascaíno acredita sempre no seu time do coração, mesmo lembrando do histórico recente.

É hora de apoiar e acreditar, galera.

Saudações Vascaínas!

Marcelo Resende

 

Marcelo Resende é colunista dos sites http://canelada.com.br/vasco e http://vozesdacolina.com.br. Visite!

marcelo.resendeAluno de jornalismo da UERJ. Vascaíno singular, que faz de São Januário sua segunda casa. A vida me fez Vasco, e eu fiz do Vasco a minha vida: "Vasco é minha vida, minha história, meu primeiro amigo".

 

Gostou? Então compartilhe!

Login para Editores

Quem está nos visitando