Marcelo Resende . 01 Abril 2013
  Publicado em abril 1st, 2013 | por Marcelo Resende http://vozesdacolina.com.br/v1/wp-content/themes/gonzo/images/comment-bubble.png); background-attachment: scroll; background-color: transparent; color: white; padding-top: 4px; text-align: right; opacity: 0.8; background-position: 100% 0%; background-repeat: no-repeat no-repeat;">2   Um jogado...
Luiz Carlos Rocha . 28 Março 2013
   1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10! Parabéns pra você nesta competição querida, MUITAS INFELICIDADES, poucos anos de vida! Assim a torcida deveria ter cantarolado hoje, em Moça Bonita (Zona Oeste Carioca), diante do melancólico empate sem gols com o fraco time do Olaria, em partida válida pela 3ª Rodada da Taça Rio (Segundo Turno). O Vasco da Gama foi campeão carioca pela ...
Marcelo Resende . 21 Março 2013
    Amigos, Outra derrota, para mais um time pequeno. Nesse campeonato carioca, pequenos venceram apenas quatro vezes os grandes, dessas quatro, três estão na conta do Gigante da Colina. Outro fracasso desse faz o assunto no Vasco ficar cada vez mais repetitivo. A única diferença agora, é que o técnico Gaúcho foi demitido, o que era claro que aconteceria mais cedo ou mais ta...
Luiz Carlos Rocha . 19 Março 2013
    Na partida de abertura da Segunda Rodada da Taça Rio, Segundo Turno do Campeonato Carioca, o Vasco perdeu por 2 a 0 para o Nova Iguaçu, com gols de Léo Salino. Com o resultado as chances de classificação para as semifinais da competição é praticamente impossível, mantendo o jejum do título. Se as coisas não mudarem nem em 2014 virá. O cruzmaltino não levanta a Taça de...
Luiz Carlos Rocha . 17 Março 2013
  Com um gol do zagueiro André Alves a equipe da Cidade do Aço derrotou o Vasco da Gama em pleno São Januário, com direito a vaias e gritos de olé para o time da casa. O resultado deixou o Gigante da Colina numa situação bem complicada, em quinto lugar na tabela de classificação da Taça Rio, Segundo Turno do Campeonato Carioca. Nosso próximo desespero será contra o Nova Iguaçu, ...
Marcelo Resende . 15 Março 2013
  Senhores, Depois de uns dias, a dor de mais uma derrota na final vai passando cada vez mais. E os torcedores bons têm à prova o seu amor ao clube. Não foi dessa vez, novamente. Portanto, não é a hora de desacreditar em nosso Gigante da Colina, apesar de tudo nos levar a isso. Sabemos que chega uma hora que cansa, que não dá mais, exausto de promessas e nunca chegar a lugar algum. ...
Editor WebVasco . 13 Março 2013
  Caros amigos, Não venho escrevendo muito ultimamente por vários motivos, mas além do principal, que é o tempo necessário para uma escrita de qualidade, também é pelo fato que temos vários colunistas que estão enfocando de maneira brilhante a realidade atual do Vasco. Entretanto, um tema ficou "no ar" nesta última decisão, que foi o impedimento não marcado no gol do Botafogo...
Marcelo Resende . 12 Março 2013
  Vascaínos, O início dessa semana para nós não é nada bom. Mais um título desperdiçado, mais uma vez a esperança abalada em relação ao nosso time do coração. Um time montado há pouco mais de dois meses poderia ser coroado com um título logo de cara, em seu primeiro campeonato disputado e ainda jogaria por terra um tabu que nos assombra desde o título da Taça Guanabara de...
Cristiano Mariotti . 11 Março 2013
Tal conforme na semana passada e respeitando sempre a vontade do estimado leitor, vou procurar ser breve em meus comentários. Até mesmo porque hoje foi O DIA MAIS FELIZ DE MINHA VIDA, com o nascimento de minha amada filha Manuela (a que MAIS AMO na minha vida, ao lado de minha mãe e de minha esposa), a quem dedico, desde já, meu presente texto, independentemente do meu sentimento e d...
Luiz Carlos Rocha . 10 Março 2013
    O Botafogo de Clarence Seedorf bateu o Vasco por 1 a 0, com gol de Lucas, no Engenhão a dez minutos para o fim da partida. Sedão e Cia fizeram o remelento cruzmaltino se fu mais uma vez! Resultado? Mais um vice-campeonato. O Alvinegro sagrou-se campeão da Taça Guanabara (Primeiro Turno) e garantiu vaga na final do Campeonato Carioca.

 

 

Vasco-Roberto-Dinamite

Amigos,

Outra derrota, para mais um time pequeno. Nesse campeonato carioca, pequenos venceram apenas quatro vezes os grandes, dessas quatro, três estão na conta do Gigante da Colina.

Outro fracasso desse faz o assunto no Vasco ficar cada vez mais repetitivo. A única diferença agora, é que o técnico Gaúcho foi demitido, o que era claro que aconteceria mais cedo ou mais tarde, mesmo com uma possível vitória contra o Nova Iguaçu. Jornalistas de plantão já começaram a atirar para tudo quanto é lado para ver quem acerta o próximo técnico vascaíno: Cristóvão, Bonamigo, Autuori, Renato Gaúcho, Dorival Jr., entre outros.

O assunto repetitivo trata-se do desrespeito de quem está lá dentro conduzindo o clube com a instituição e torcida. Desde Cristóvão Borges que o treinador não é o maior culpado. Dizer que o técnico é bom, fica a cargo de cada um, mas, de fato, com um time desses, não há treinador que faça milagres. Eu já dizia isso quando começamos a cair ainda na metade do Brasileirão de 2012. A opinião do jornalista Eugênio Leal, da Rádio Tupi, dita em seu twitter logo após o anúncio da saída de Gaúcho, reforça o que acabei de dizer e que estou de completo acordo: “Trocar o técnico de campo é mascarar os problemas, repetir erros, prolongar o sofrimento. Saída de Gaúcho é uma satisfação apenas.”. Essa é a melhor definição para o que o Vasco vive desde o ano passado.

Com a demissão de Gaúcho, René Simões usou um argumento para explicar mais esse momento tenebroso vivido no Vasco, que há um tempo estava esquecido no clube: “Os culpados são todos aqueles que criaram uma dívida enorme com o clube. Todos têm culpa, mas é absolutamente necessário mexer no comando técnico. Já conversei com o Gaúcho sobre isso. É difícil anunciar a demissão, mas não temos outra opção”.

René Simões também tem sua parcela de culpa nessa fase do Vasco, afinal foi ele quem montou o time atual, ao lado de Gaúcho e Ricardo Gomes. Mesmo que sem muitos recursos, foram os três, basicamente, que montaram esse elenco.  E sobre a dívida, que é culpa da administração anterior, esse assunto é completamente batido. Eurico Miranda tem culpa sim, porém, ela não pode mais ser justificativa toda vez que o clube fracassa, uma vez que a administração Dinamite assumiu desde 2008 e não é possível que em cinco anos o nosso presidente atual não tenha conseguido arrumar a casa ou pelo menos amenizar os prejuízos que são causados ao clube pelas dívidas, pelas penhoras.

O mais sensato que a diretoria atual deveria fazer através de seu presidente, seria reconhecer que fracassou desde 2008, jogar limpo com a torcida e com o clube, que merecem satisfação. Para este ano, Roberto Dinamite anunciou a profissionalização dos cargos administrativos do clube, após fracassos atrás de fracassos e viu que não tinha outro jeito se não profissionalizar. Só que pode ser tarde demais.

No entanto, acredito no trabalho que Cristiano Koëhler pode fazer, só que os resultados serão de médio a longo prazo. Até lá, iremos passar por momentos como este, de rancor, sofrimento, clube desacreditado, sem esperança por dias melhores e outros males mais. Para o momento, é difícil a classificação para a próxima fase da Taça Rio, torcer para os clubes pequenos se embolarem, a que fase chegamos.

Sobre um novo técnico, não quero apostar em ninguém. Só queremos um cara que tenha culhão para dirigir esse combalido Vasco e aceitar o desafio de tirar o time da foça, apanhando bastante até levantá-lo. Não tenho um nome de preferência, mas se Dorival Jr. aceitar esse desafio, ofereceria esse cargo a ele. Sabe como é o clube e já passou por um momento desses conosco, quando reconquistamos o acesso à elite do futebol brasileiro em 2008.

Por fim, o comodismo não pode continuar.

Lá no Vozes da Colina, vejam minha coluna sobre essa saída iminente de Dedé e deixe sua opinião: O adeus iminente de Dedé.

Saudações Vascaínas!

Marcelo Resende

 

Marcelo Resende é colunista dos sites http://canelada.com.br/vasco e http://vozesdacolina.com.br. Visite!

marcelo.resendeAluno de jornalismo da UERJ. Vascaíno singular, que faz de São Januário sua segunda casa. A vida me fez Vasco, e eu fiz do Vasco a minha vida: "Vasco é minha vida, minha história, meu primeiro amigo".

 

Gostou? Então compartilhe!

Login para Editores

Quem está nos visitando