Cristiano Mariotti

cristianomariottiMestre em Ciências em Sistemas Computacionais, Consultor e Professor em TI, é colunista do portal supervasco.com. Carioca de família portuguesa, nascido e criado em Jacarepaguá, adotou São Januário como segundo lar e leva a cruz-de-malta no peito desde que nasceu.

 



O constatar da "orfandade" no presente que remete ao passado!

Uma das coisas que muitas pessoas não conseguem discernir é apoiar incondicionalmente ao clube e ser cúmplice dos erros que ocorrem. De minha parte, meu apoio ao clube é incondicional, pois conforme escrevera em textos passados, o que importa é ser feliz e não em ser o dono da razão. 

Leia mais:O constatar da "orfandade" no presente que remete ao passado!

Condenados ao "quase" até quando?

Perguntado em entrevista após o jogo contra o Fluminense, o diretor executivo de futebol cruzmaltino Daniel Freitas atribuiu a derrota categoricamente ao árbitro rubro-negro Marcelo de Lima Henrique e disse que o clube irá entrar com uma representação contra o mesmo pelos erros cometidos contra o time do Vasco no jogo desse último sábado. Na verdade, de nada adianta agora depois da partida quando a diretoria do Vasco já deveria estar atenta a esse tipo de situação que vem se repetindo faz tempo de um determinado árbitro que desagrada ao clube ser seguidamente escalado em nossos jogos.

Leia mais:Condenados ao "quase" até quando?

“Natural conformismo” com a mesma velha desculpa!

Sinceramente e diante do que tem acontecido em nosso clube, eu tive a vontade em me abster de falar alguma coisa nesse momento no qual passamos, pois sei que no fundo vai ter gente que vai me interpretar a mal, que vai discordar de mim ou, simplesmente, que vai me incluir no grupo dos “retardados” vascaínos que nunca estão satisfeitos com nada. Mas em respeito ao compromisso que firmei com a família SuperVasco diante de quem me acompanha nesse espaço e no qual tenho o maior prazer em escrever semanalmente e colaborar com o grupo na medida do possível, não farei isso.

Leia mais:“Natural conformismo” com a mesma velha desculpa!

Gostou? Então compartilhe!

Quem está nos visitando