Vasco deve jogar os clássicos em casa?

saojanuario

Fervilha nas rodas de bate-papo entre vascaínos, bem como nas redes sociais e nos principais sites vascaínos o assunto da realização de clássicos em São Januário, principalmente agora que se aproxima a reta final do Brasileirão e qualquer vantagem, principalmente jogar em casa com sua torcida, pode fazer muita diferença.

Mas a pergunta é: porque afinal estão fazendo pressão para não permitir ao Vasco fazer uso de sua casa nos jogos contra os clubes cariocas?

Em primeiro lugar, já foi debatido no webvasco vários ângulos sobre o assunto Clássicos em São Januário. O principal questionamento é a segurança e não se pode discutir seriamente o assunto sem se aprofundar neste tema, que vamos tratar agora.

Segurança envolve diversas questões. Muitos questionam o fato de que, se o Corinthians veio jogar em São Januário, onde a rivalidade com o Vasco é semelhante ou até maior do que alguns dos grandes cariocas, isso credencia o Vasco a receber em casa o Fluminense, o Botafogo e o Flamengo. Entretanto, cabe lembrar que o Corinthians não tem torcida aqui no Rio de Janeiro, e os ônibus que vem pra cá são (ou deveriam ser) escoltados pela polícia. Isso é muito diferente do que organizar uma massa de torcedores se dirigindo à São Januário.

Também questionam o fato de que Santos recebe os clássicos em seu estádio - isso é fato, mas lembro que Santos é outra cidade, com outra estrutura, com maioria esmagadora santista na região, e com uma estrutura de policiamento diferenciada para dia de clássicos. Ou seja, comparações entre nossa realidade e a deles é sempre muito difícil de se fazer.

A conclusão que chegamos é que a torcida sempre fará a diferença. É necessário pacificar as torcidas, e não estamos falando especificamente de uma ou de outra, mas sim de todas (sejam rivais ou mesmo do Vasco) - temos históricos de confrontos agressivos que só serviram para piorar nossas chances de receber clássicos em São Januário. Para reverter isso, é necessário trabalhar a mídia, fazendo campanhas intensivas de paz nos estádios, acompanhada de ações enérgicas da polícia com respaldo da justiça, tudo embasado em leis claras. Enquanto não tivermos essas ações, sempre teremos nosso pleito dos clássicos em São Januário sendo mal vistos pelos opositores. 

Mas podemos, enquanto torcida, fazer algo que pode resultar em algo concreto. Em primeiro lugar, as torcidas organizadas devem dar sua cota de exemplo, não se envolvendo e nem deixando membros seus se envolverem em violências de qualquer natureza. Se queremos receber outros times em nossa casa, por maior que seja a rivalidade, ela deve ser deixada dentro de campo. Ações de disputas entre torcidas fora de campo nunca resultam em conclusões pacíficas, devido à paixão que o futebol desperta. É necessário a conscientização desse fato.

Mas podemos também reinvidicar nossos direitos. Sites como o Supervasco e os VascaínosFC estão dando sua cota de incentivo à esse pleito. A torcida pode e deve acompanhar esse esforço. Existe até um abaixo-assinado na internet, no seguinte endereço: 

http://t.co/6h3lt8Hy - assine você também, pois isso mostrará nossa força enquanto torcida!

O Entorno de São Januário também é visto como complicador para nosso pleito, haja vista que temos acessos difíceis, entre outras questões. Para isso, há algumas semanas está sendo divulgado o Movimento em favor da Revitalização do Entorno de São Januário. E essa revitalização é também um ponto fundamental a ser discutido quando se pensa em jogar clássicos cariocas em São Januário. Nós também podemos fazer alguma coisa neste caso: Será levado em breve um abaixo-assinado às autoridades governamentais exigindo providências imediatas para iniciar a revitalização do Entorno de São Januário. Se você quer ver um clássico carioca sendo realizado em São Januário, não deixe de dar seu apoio em

http://webvasco.com/social/revitalizacao.html

Você, vascaíno, pode fazer muito mais do que imagina. Participe mais dos movimentos em prol do nosso Vascão - temos que aproveitar essa maré positiva e fazer com que nosso clube seja maior ainda do que já é! Participe! Seja pró-ativo! Quem ganha são todos nós.

 

ap

André Pedro é sócio remido do Vasco da Gama com 30 anos de clube, e também editor responsável pelo portal webvasco.com. Sua formação é na área de informática e comanda a empresa Digital Solutions, especializada em soluções de internet.

 
Voltar

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Termômetro da Torcida

Você acredita que o Vasco será campeão brasileiro de 2011?

98.2%
1.8%
Loading...

Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.
W3Counter